quarta-feira, 10 de abril de 2013

SINDICATO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE MUANÁ - PROTESTAM





video
video
video
video

Professores concursados do quadro efetivo do município de Muaná, se reuniram hoje dia 10/04/2013 em sessão na câmara de vereadores  contra uma provável medida que a  Prefeitura sob a administração do Sr. Sérgio Murilo dos Santos Guimarães que segundo a categoria dos docentes na frente o professor Helder Reis, o gestor quer tentar reduzir os salários da categoria,alegando ser constitucional. A redução com a retirada dos 80% de gratificação de nível superior e  de todas as vantagens  recebidas pelos profissionais que pode resultar  em perdas que chegam a somar de R$ 1.300,00 a R$ 1.800,00, nos vencimentos dos educadores.
Segundo a categoria “seria uma atitude anticonstitucional e não republicana, o prefeito de Muaná, Sérgio Murilo, quer rebaixar o salário dos professores do município, em total desacordo com o projeto aprovado na casa legislativa de Muaná, (LEI DA PROGRESSÃO E NÃO REGRESSÃO). Desde esse período a categoria da educação vinha a cada ano tendo conquista significativas em relação aos seus salários e promoções.Para o desagrado de todos os educadores,o prefeito rebaixando o ganho desses profissionais,tira completamente o direito adquirido pela categoria, revela o presidente do Sindicato dos servidores da Educação de Muaná (sintep),Professor Helder Reis.
Conforme informações da Categoria, o prefeito teria informado que a redução seria ocasionada pela falta de dinheiro para efetuar o pagamento integral. “Ele está irredutível e disse que não tem condições de pagar, mas sabemos que isso não condiz com a realidade. Afirmam os educadores.
Segundo os educadores em sessão na casa legislativa de Muaná onde cada vereador afirmou está abraçando a causa da categoria e se colocando a disposição em defesa da categoria que tanto precisa ser valorizada , reconhecida e que até o momento não tinha chegado nada em pauta sobre o assunto e se chegar o poder legislativo representado pelos os vereadores eleitos,irão convocar a categoria ,se possível junto ao executivo  para que se possa chegar a um acordo. Afirma um dos vereadores na sessão. Com isso os educadores se retiraram satisfeitos com a postura dos nobres vereadores de Muaná,sabendo que os mesmo vão cumprir com o seu papel que é de legislar em favor da sociedade Muanense, servidores públicos,etc...

DO AMIGO EDY!

3 comentários:

  1. Que tristeza!
    A que ponto nossos queridos professores chegaram ter que ir para as ruas fazerem protesto em buscas de seus direitos. Mas, ta certo! E isso mesmo vocês não merecem! Tamanha falta de desrespeito. É simples caso isso venha acontecer façam greve
    Greve já!!!!

    ResponderExcluir
  2. A pergunta que não quer calar, por que antes era pago e somente agora que os repasses aumentaram não dar mais para atual Administração pagar?

    ResponderExcluir
  3. Cuidado...com o apagar das luzes!

    O sol está claro, tudo perfeito,
    todo mundo sorrindo...
    mas após cair a tarde,
    quando o sol "apaga suas luzes",
    aí é que mora o perigo;
    o 'sorrateirro' inimigo -
    aquele que te sorriu como amigo
    na hora da plantação*,
    vem e te tira da mão
    tua colheita, tua conquista,
    agindo como 'barato' golpista
    mostra sua verdadeira face,
    fuça limpa sem dirfarce
    a fúria voraz volta à vista

    ResponderExcluir